Como o aumento da temperatura afeta o nosso sono

  • by admin - qua, 04/03/2013 - 04:03
  • Dicas

Verão, sol a pino, termômetros acima dos 30 graus e aquela dificuldade para pegar no sono à noite. Nesta época do ano, é preciso tomar alguns cuidados especiais para que as altas temperaturas não prejudiquem nosso organismo na hora do descanso.— Esta dificuldade ao dormir em dias quentes se deve, entre outros fatores, à necessidade que o cérebro tem de uma temperatura mais baixa para relaxar e 'acionar' o sono. Quando o calor é intenso, o corpo fica mais agitado e o sono acaba pontuado por um número excessivo de microdespertares ou mesmo a ausência completa do sono REM, aquele em que mais descansamos — destaca o pneumologista Israel Maia, que atua na área de medicina do sono.As doenças respiratórias também se manifestam no verão. Os gases poluentes que estão na atmosfera – especialmente o ozônio – agravam a asma e infecções como sinusite e rinite e levam o organismo a fechar as vias áereas como forma de defesa. O ozônio é especialmente prejudicial às crianças, que podem ter menor capacidade de desenvolvimento pulmonar se expostas a este gás.O uso do ar condicionado é um detalhe à parte. Se na rua está 35 graus e em casa, ou no escritório, o ar condicionado está ligado a 20 graus, a exposição do organismo a essa queda brusca pode provocar resfriados e outros problemas nas vias circulatórias.— Por isso, é fundamental fazer a manutenção dos filtros do ar condicionado, não só na residência ou no trabalho, mas também nos aparelhos dos automóveis, onde o espaço onde o ar circula é menor — afirma Maia.Não se esqueça também de tomar muita água. No verão nos desidratamos mais e é essencial repor o que perdemos com o suor. A dica é especial para quem tem pressão baixa, situação que se agrava no calor.Outras dicas importantes: Prefira as roupas de cama e travesseiros de algodão aos de tecido sintético. Além do ar condicionado, limpe também as pás dos ventiladores. Lembre-se que no verão os ácaros se proliferam mais. Uma casa com paredes escuras acumula mais calor do que com paredes claras.

+ Diário Catarinense