Poluição piora a qualidade do sono

Um estudo feito nos Estados Unidos mostra que o aumento da poluição também piora a qualidade do sono para quem sofre de apneia, o distúrbio que interrompe a respiração enquanto a pessoa dorme. Os dois fatores juntos, poluição e apneia, elevam o risco de doenças cardiovasculares como derrame e infarto. O uso do CPAP, aparelho que pressiona o ar nas vias áereas e normaliza a respiração ajuda a amenizar essa situação da poluição pois possui filtros, enquanto diminui os niveis de apneia a praticamente zero quando bem calibrado por um fisioterapeuta seguindo prescrição médica com relação a pressão do aparelho. Um cuidado especial é sempre trocar os filtros do aparelho. Eles evitam que a poeira fina chegue aos pulmões.

A poluição pode atrapalhar a noite até de quem não tem nenhum distúrbio do sono. A inalação de poluente causa inflamação das vias respiratórias. Com isso, o caminho que o ar percorre para chegar aos pulmões fica mais estreito. Uma dica é deixar que o ar circule no quarto antes de dormir.